Homem cego recupera a visão graças à córnea artificial de uma startup israelense

Imediatamente após a remoção dos curativos, o paciente de 78 anos foi capaz de reconhecer os membros da família e ler o texto.

Um homem de 78 anos cego dos dois olhos por 10 anos recuperou a visão após receber o primeiro implante de uma córnea artificial desenvolvida pela startup israelense CorNeat, anunciou a empresa na segunda-feira, dia 11 de janeiro de 2021.

O implante CorNeat KPro foi projetado para substituir córneas deformadas, com cicatrizes ou opacificadas e se integra à parede do olho sem depender de tecido doador.

O professor Irit Bahar, chefe do Departamento de Oftalmologia do Rabin Medical Center (antigo Hospital Beilinson) em Petah Tikva, realizou o procedimento.

Após a remoção dos curativos, o paciente foi capaz de reconhecer os familiares e ler o texto.

“O procedimento cirúrgico foi direto e o resultado superou todas as nossas expectativas. O momento em que tiramos as bandagens foi emocionante e significativo. Momentos como este são o cumprimento de nossa vocação de médicos. Temos orgulho de estar na vanguarda desse empolgante e um projeto significativo que sem dúvida impactará a vida de milhões”, disse Bahar.

O inventor e cofundador da empresa CorNeat KPro, Gilad Litvin, disse: “Revelar este primeiro olho implantado e estar naquela sala, naquele momento, foi surreal.”

“Depois de anos de trabalho árduo, ver um colega implantar o CorNeat KPro com facilidade e testemunhar um outro ser humano recuperar a visão no dia seguinte foi eletrizante e emocionalmente comovente, houve muitas lágrimas na sala.”

 

Fonte: Revista Universo Visual | Israel Hayom